Eu falava que preferia morrer do que ficar na cadeira de rodas!

0
2863

Daniele-Souza-ft-02-amigos-cadeirantes

Nome: Daniele Souza Idade: 23 anos Cidade: Brasília

01-Você é cadeirante a quanto tempo e por qual motivo?

Quando nasci peguei infecção hospitalar, que atingiu meu braço esquerdo e minha perna (comeu a cabeça do fêmur), mas isso não impediu que eu andasse até os 11 anos. Em 2014 comecei a ter dificuldades para caminha, o médico solicitou uma tomografia que constatou que a infecção também tinha atingido a minha coluna; depois de passar por três cirurgias o médico diagnosticou que eu não voltaria mais à andar. Sou cadeirante à 12 anos!

02-Quais as sua maiores limitações durante o seu dia a dia?

Limitação essa é uma palavra que desconheço.

03-Como você lidou com a sua deficiência no início, teve aquele momento de rejeição da realidade?

Ah, no início foi muito difícil pra mim, não queria aceitar a nova realidade. Logo eu que não parava quieta: pulava corda, dançava, corria, coisas que toda criança gostava de fazer e que de uma hora para a outra não não pude fazer. Cheguei a entrar em depressão, eu falava que preferia morre do que ficar na cadeira de rodas.

Daniele-Souza-ft-capa-amigos-cadeirantes

04-O que te motivou a seguir em frente?

Minha família e principalmente a minha FÉ em Deus.

05-Já passou por algum momento preconceituoso, como se sentiu?

Preconceito isso e uma coisa que sempre existe. Infelizmente antes eu chorava, me sentia diferente das pessoas. Mas hoje levo na esportiva, apesar que têm uns sem noções, que merecem uma boa resposta.

06-Na sua opinião qual a solução para exterminar o preconceito?

Exterminar o preconceito acho meio difícil, mas se os adultos começassem a vê o mundo como as crianças, ai sim mudaria. Afinal, as crianças são puras, inocentes, elas sim dão muitas lições que no meu ponto de vista, deveria ser ensinado pelos adultos. Tratar os outros, sempre com respeito. Por esse motivo amo estar com a criançada!

07-Você pratica alguma atividade física e qual a importância em sua vida?

Pratico o melhor esporte que pode existir, o Parabadminton. Através do esporte perdi um pouco da timidez (antes parecia que eu era muda de tão tímida que era kkk) consegui realizar algumas coisas pessoais, e principalmente a independência.

Daniele-Souza-ft-01-amigos-cadeirantes

08- Qual o seu maior objetivo para este ano?

O meu maior objetivo e  participa do Pan-Americano e do Internacional que serão realizados na Colômbia.

09- Quem esteve e está sempre ao seu lado que merece ser lembrado?

O apoio da minha família e essencial é os conselhos de uma pessoa (que não posso citar o nome), mas ele é muito especial e me fez olhar a vida de uma outra forma, acho que se eu não o tivesse conhecido não teria tomado as atitudes que tomei.

10-Para finalizar, bate bola, jogo rápido:

Família é: Tudo

Passado foi: Muito bom

Futuro: Forma uma família

Felicidade:  Alcançar os meus objetivos

Deus: Minha fortaleza

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui