Grupo de ativistas que lutam pelos direitos dos deficientes físicos, na Bolívia, realizaram um protesto muito perigoso para conseguir a atenção do governo para a causa. O grupo ameaça levar a campanha para o presidente Evo Morales em La Paz.

“Infelizmente, não tivemos uma resposta por parte do governo. Tomamos essa medida extrema para conseguir no mínimo a atenção da mídia!” Relatou um dos integrantes do grupo.