A cadeira de rodas correta para a sua lesão -O Guia Absolutamente Completo

3
15783

escolha-a-cadeira-de-rodas-certa-e-tenha-liberdade

No início de uma lesão medular ficamos perdidos em vários aspectos, “como” e “qual” são palavras que iniciam muitas frases no nosso dia a dia nesta nova realidade!

E a primeira vez que a palavra “qual” aprece é na primeira semana de lesão, na seguinte frase:

“Qual cadeira de rodas vou ter que comprar?”

Normalmente, a primeira cadeira de rodas é um dinheiro mal aplicado, por dois motivos: falta de informação e de especialização do profissional que a indicou.

Normalmente a indicação é feita por um médico ou fisioterapeuta que reside no hospital que você ficou internado e é nesse ponto que há um grande erro. A melhor indicação vem de um fisioterapeuta com especialização em lesão medular após uma boa avaliação verbal e visual.

Às vezes conseguimos um acompanhamento de profissionais capacitados, porém um produto de qualidade e adequado para um deficiente físico não tem um preço nada acessível e no fim das contas acabamos adquirindo equipamentos inferiores e/ou ineficazes.

“Cadeira de rodas, muletas, andadores e qualquer outro produto destinado a pessoas com limitações físicas são artigos de luxo, luxo só no valor!” Paulo oliveira.

Vou usar a minha experiência para ilustrar melhor essa questão, minha lesão é c5-c6, completa (tetraplegia). Tive como primeira cadeira de rodas essa da imagem abaixo. Totalmente incorreta e desnecessária, ela só se tornaria uma cadeira de rodas boa se você desejasse ser empurrado(a) para todos os lugares de uma maneira desconfortável e prejudicial a sua coluna.

cadeira-de-rodas-correta-para-sua-lesão-escolha-errada

Porém, você não quer isso, não é?

Na época, logo de início me indicaram o uso de uma cadeira de rodas motorizada, pois me faltavam: força, movimentos, resistência muscular e respiratória. Nunca fiz o uso da mesma devido ao meu desejo de ser o mais independente possível e na minha cabeça, naquela época a motorizada me faria dependente. Nada contra a cadeira motorizada ou a quem faz o uso da mesma, isso foi apenas uma análise da escolha que fiz há oito anos. Hoje sei que fiz uma ótima escolha (no lançamento do meu novo projeto que está em fase de pesquisa, você vai saber porque foi uma ótima escolha).

Quem sabe qual é a melhor cadeira de rodas para a sua lesão?

Apenas um fisioterapeuta especializado em lesão medular vai saber com precisão a cadeira de rodas especifica para sua lesão. Não encontramos um profissional assim em qualquer lugar, então logo abaixo vou dar o passo a passo para você seguir e com isso descobrir qual estilo/modelo de cadeira de rodas é melhor para você.

Isso te dá uma precisão de 80% e os outros 20% vai depender do seu corpo. Mesmo com a cadeira de rodas correta para a sua lesão o seu corpo e suas limitações podem e vão variar se comparados a outras pessoas com lesão medular. Sua melhor opção é testar varias cadeiras de rodas, após saber melhor o seu perfil físico e suas limitações, vai saber a cadeira de rodas ideal para você.

Qual é o seu novo perfil físico?

Ganhar ou perder peso são duas coisas que acontece com muita facilidade após uma lesão medular, porém dependendo da altura da lesão essa facilidade se torna desanimadora. O ideal é saber as suas limitações de acordo com a sua lesão e valorizar as possibilidades.

tenha-uma-rotina-com-atividade-física

Paraplégico: pessoas com lesão de paraplegia, tem grande vantagem na hora de ganhar peso, por terem uma preservação maior da musculatura, porém, essa vantagem vem com a dificuldade para perder massa na região abdominal. Se você é paraplégico, te aconselho a criar o hábito de praticar atividades físicas que forcem você a chegar ao limite do seu controle de tronco.

Benefícios: com o tempo seu controle de tronco tende a melhorar e sua musculatura abdominal tende a fortalecer, a ponto de ter como opção trabalhar a definição.

Tetraplégico: pessoas com lesão de tetraplegia perdem muita massa muscular e para recuperar essa massa não é fácil e também deve ser feito com cuidado. Essa perda de peso ocorre por consequência da perda do controle da musculatura (podendo ocorrer até uma atrofia muscular). Em outras palavras, se não há musculatura para treinar ou não existe o hábito de se praticar uma atividade física com a musculatura que restou, as calorias só entram, então com certeza, em um momento a barriga aparece e sua mobilidade diminuirá ainda mais.

Solução: não importa se você tem pouca ou muita força, controle ou não controle do tronco, se tem ou não um acompanhamento de um profissional. Você deve ter em mente que o dia a dia com hábitos saudáveis, é necessário.

Vamos diagnosticar primeiro, quatro pontos importantes:

O nível da sua mobilidade em uma escala de 0 a 5. Ir e vir sem precisar que pessoas empurre sua cadeira de rodas deve ser sua meta.

O nível da sua força em uma escala de 0 a 5. A força é necessária desde a psicológica até a muscular.

O nível de controle de tronco em uma escala de 0 a 5. Até uma árvore morta continua em pé, o ideal é ser um bambu chinês, se envergar diante as tempestades porém não cair, continuando firme.

E o mais importante o nível da sua determinação para treinar em uma escala de 0 a 5. Ter as melhores ferramentas e não saber fazer uso, é melhor não possuí-las.

Faça a soma dos quatro pontos e veja abaixo em qual categoria você se encaixa:

Você tem determinação e seu corpo te prende. Total de pontos= 1 a 6.

Querer é poder quando reconhecemos as nossas limitações. Trabalhe aspectos em que não precise ser ajudado(a) por terceiros. Adquirir conhecimento é um ótimo caminho a ser percorrido para conquistar o mundo, viver se matando não é uma boa escolha a longo prazo!

Você pode melhorar muito a sua vida, falta apenas encontrar a ferramenta correta. Total de pontos= 14 a 20.

“Infelizmente, a falta de oportunidade e de direcionamento faz com que a gente pare no tempo, muitas vezes amarrados em nossas desculpas.” Paulo Oliveira.

a-sua-força-de-vontade-é-a-chave

cadeira-de-rodas-elétrica-nova-geração

Tipos de cadeira de rodas:

Cadeira de rodas motorizadas: muito usada por tetraplégicos, com lesões altas, pouca força e mobilidade baixa. Recomendo que você faça uso de uma cadeira de rodas motorizada se fez de 1 a 6 pontos.

Tenho que usar uma cadeira de rodas motorizada? Isso não é uma regra. Estou te indicando uma opção onde você pode escolher e testar se deseja ser mais independente e com isso poder ter uma rotina mais ativa.

Cadeira de rodas monobloco:  usada pela maioria dos cadeirantes paraplégicos e  tetraplégicos com lesões incompletas ou com menos limitações de movimentos e força. Normalmente, com um nível de controle de tronco e força de três pra cima. Essa é a melhor opção para você que fez de 14 a 20 pontos.

Cadeira de rodas x: Esse modelo de cadeira de rodas é muito usada e serve para tetraplégicos e paraplégicos, a desvantagem é o tamanho (grande e pesada). Ela tem o preço bem mais em conta, porém se é a única que cabe no seu orçamento atual, recomendo que compre uma.

PAGAR NO MÍNIMO R$2000,00 EM UMA CADEIRA DE RODAS BÁSICA É COMPLICADO PORÉM, INFELIZMENTE É NECESSÁRIO. O NOSSO BEM ESTAR ESTÁ AUTOMATICAMENTE LIGADO AOS PRODUTOS DE PREÇOS ALTOS, TRISTE FATO.

cadeira-de-rodas-tem-preço-de-ouro

Acessórios opcionais e funcionalidades:

Encosto rígido: essa opção de encosto é usada pela maioria dos paraplégicos, é um ótima opção, melhora a postura e evita dores na região lombar. Tetraplégicos também podem fazer uso, basta prestar atenção na altura, encosto muito baixo para lesões altas, podem fazer com que se torne desconfortável.

Anti-tombo:  É um bom acessório para tetraplégicos, com ele, o meio fio de uma porta não vai impedir sua passagem. Por conta da falta de controle das mãos, manter uma cadeira de rodas empinada é arriscado, mas com esse acessório o risco e dificuldades somem.

Aro com capa emborrachada: Facilita muito na hora de empurrar a cadeira de rodas em terrenos desnivelados e na hora de empinar a cadeira de rodas.

Almofada: Uma boa almofada é necessária para auxiliar na prevenção de escaras e dores na coluna. Um modelo bastante usado e com bons resultados é a Almofada Jay J3.

Rodas: As rodas influenciam muito na hora de tocar a cadeira de rodas, não existe um modelo ideal que sirva para todas as lesões. O ideal é fazer um teste e escolher a mais leve.

RECAPITULANDO – CONCLUSÃO
agora-você-já-sabe-como-escolher-a-cadeira-de-rodas-perfeita

Abaixo, coloco o passo-a-passo resumido para você escolher a cadeira de rodas correta para a sua lesão:

1- Descubra as suas limitações e valorize as possibilidades.

2- Escolha a cadeira de rodas que vai te proporcionar mais independência.

3- Qualidade não é irmã do preço baixo. Escolha a cadeira de rodas pensando a longo prazo.

4- A cadeira de rodas é uma maquina e você é o combustível. Faça atividade física diariamente.

Bônus: Links que recomendo você acessar para obter mais informações úteis!

A NOVA GERAÇÃO DE CADEIRA DE RODAS – Vídeo

CADEIRA DE RODAS ELÉTRICA SUPER LEVE – Publicação

TREINO DE CORRIDA PARA CADEIRANTE -Vídeo

MANUTENÇÃO CASEIRA PARA CADEIRA DE RODAS – Vídeo

Espero que essas informações possam ajudar você a escolher a cadeira de rodas perfeita. Se você chegou até esse ponto do artigo, meus parabéns!

A sua determinação já me diz tudo. Afinal, um artigo com 1.611 palavras não é para fracos. É preciso se concentrar, ler com atenção e, acima de tudo, agir.

É isso pessoal. Entendo que existe muita informação nesse artigo e alguns amigos até me disseram que determinados sites cobram por esse tipo de informação…

Por esse motivo, compartilhe sua opinião nos comentários e não esqueça de se inscrever em nossa lista de emails para receber os nossos melhores artigos.

3 COMENTÁRIOS

  1. Amigo. Você declara que alguns sites até cobram por estas informações. Para pessoas da minha geração, isto é inacreditável. O que é isso?. Muita fanfarronice e falta de caráter. Quanto ao texto , para nós que habitualmente escrevíamos cartas de 4 , 5 páginas para amigos , parentes e namoradas, estamos sozinhos com nossa nostalgia. Parabéns pela ajuda a muitos.

  2. Na ultima terca, dia 28 de junho, a Maithe deu um importante passo para sua qualidade de vida. A familia dela retirou a cadeira totalmente paga em uma loja especializada. Todos nos ficamos muito felizes com essa realizacao e somos muito gratos pela atitude do casal que fez a doacao e a todos voces, que nos apoiaram!

  3. Gostei,mas queria mas informação aonde encomendar cadeira de roda para paraplégico por medidas.fico muito agradecida se alguém me informar

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui