Tetraplégico vai competir nas 500 Milhas de Indianápolis

0
1245

Há 14 anos Sam shmidt sofreu um acidente na Walt Disney World Speedway durante a preparação para a próxima temporada da Indy Racing League. Depois de cinco semanas em coma ao acordar descobriu que tinha perdido os movimentos de braços e penas, diagnosticado com a lesão de tetraplegia.

Apesar disso ele nunca largou o esporte que ele ama. Ele é o coproprietário da Petersen Schmidt Motorsports. Em parceria com a Arrow Electronics eles adaptarão um Chevrolet Corvette Stingray que vai ser o seu carro na próxima competição das 500 Milhas de Indianápolis.



Para controlar o carro Sam Shmidt vai usar o movimento (direita, esquerda) do pescoço para direcionar o volante. Isso vai ser possivével graças à adaptação feita pela Falci adaptativos Motorsports. Alem deste comando ele vai poder “morder” para frear ou inclina a cabeça para trás para acelerar.

Para garantir a segurança de Sam Shmidt ele vai ter um sistema de GPS que vai manter o carro a três metros de distancia da parede e com um piloto no banco do passageiro que poderá intervim se for necessário.